Se o mundo acabar amanhã, eu espero conseguir hoje minha dose de beijos, abraços e carinhos que eu deveria ganhar pelo resto da minha vida.
E eu vou amar, sim eu vou amar intensamente. Vou me doar por completo para todos aqueles que amo, pois eu quero que a última lembrança do que tivemos seja de amor em sua plenitude. 
E acho que vou chorar muito, porque eu tenho um quantidade excessiva de sonhos acumulados, de sonhos que precisam ser vividos e eu simplesmente não teria tempo. Eu seria obrigada a aceitar que acabou o tempo e adiar a longo prazo todos os meus anseios. A longo prazo sim, porque vai que eu tenho uma nova chance em um novo mundo?
Eu andaria de moto em alguma estrada a noite, sob um céu absurdamente estrelado e uma noite fria, conversaria com todas as estrelas que a minha visão alcançasse e iria gritar bem alto na esperança de que alguém me ouvisse e gritasse comigo. Ah, que delícia um grito de liberdade compartilhado! 
Ah, eu também escreveria aquelas famosas cartas para a "posteridade" com todos os meus sonhos adiados, caso eu não volte em um novo mundo, alguém teria a missão de fazê-los acontecer da melhor forma possível. É, percebi que eu tenho uma cisma com sonhos e com o desperdício deles.
E finalmente porém não menos importante, vou me afogar em saudades. Saudades do que eu vivi, repeti mas não o suficiente, saudade do que eu marquei de viver, saudades de alguns perfumes e alguns abraços, de algumas conversas que joguei fora uma vez ou outra também. Sim, a pior sensação seria a saudade. Porque toda saudade tem sua dose de esperança, e não adianta jogá-la fora, porque é são irmãs siamêsas, uma não vive sem a outra. Só que como eu vou alimentar esperanças se o mundo vai acabar amanhã? O que deixa tudo muito mais melancólico.

É mundo, é melhor você esperar mais um pouco para acabar. Não posso me resumir a melancolia e saudades, portanto tenha a gentileza de ser mais paciente, porque eu preciso viver. 


-


Este texto faz parte do projeto 16 on 16, onde 16 blogueiros/as escolhem temas de prosas ou poesias para ser compartilhado todo dia 16 (estou um pouco atrasada rs). 
Conheçam os outros participantes do projeto <3

Fernanda Probst
Ariana Coimbra
Maíra Volpato
Thaís Oliveira
Mari Guimarães
Alexandre Kenji
Vitor Costa
Ghiovana Christini

                                                          BEIJOS DA ISA!!! 


Um comentário:

  1. Amei dmais
    um grito compartilhado é tão revigorante kkk

    http://www.morenaemoderna.com/

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto

Me chamo Isabella, tenho 20 anos e sou uma futura jornalista de sucesso! Poderia detalhar cada coisa pela qual eu sou apaixonada, o "X" da questão é: Sou apaixonada por TUDO! 
E estou aqui na cara e na coragem para compartilhar com vocês, espero que da mesma forma que destruí meu medo e criei o "Tem até moda!", eu possa inspirá-los para destruir o de vocês! Divirtam-se!

Curte aí!

Tecnologia do Blogger.

Acessos

Na real!

Google+ Followers

Seguir por e-mail

Tradutor

Postagens populares

Seguidores

Pesquise